Objetivo
 Tabuleiro e Peças
 Movimentos
 Mov. Extraordinários
 Fases do Jogo

 História do Xadrez
 Dicas
 Escolas de Xadrez
 Enxadristas Famosos
 Glossário

 Modalidades de Xadrez
 Variantes
   Chaturanga
   Shatranj
   Xadrez Bizantino
   Xadrez Capablanca
   Grande Acedrex
   Jogo de Gala

 Fund. da estratégia
 Fund. da tática

 Notação algébrica
 Notação descritiva
 Notação numérica
 Notação Forsyth

 Partidas Analisadas
 Organizações
 Campeões Mundiais
 Eventos
 Títulos
 Biblioteca de Xadrez
 Curiosidades
 Fotos Históricas
 Papéis de Parede
 Vídeos
 Filmes
 Mitos
 Laifis de Xadrez
 Fale Conosco

 


 

 

Peter Svidler

Peter Svedler segue a linha dos jogadores russos, e aprendeu a jogar ainda criança, com 6 anos de idade. Foram praticamente 10 anos praticando até ter a sua primeira disputa profissional. Porém, logo que começou a participar de eventos oficiais, seus frutos foram colhidos rapidamentes, com 18 anos estava conquistando seu título de Grande Mestre, no ano de 1994.

Após essa conquista ele começou a empilhar títulos. Venceu 4 vezes, de maneira espetacular o Campeonato de Xadrez da URSS, nos anos de 1994, 1995, 1997 e 2003.

No ano de 2001 ele teve um excelente participação no Campeonato Mundial de Xadrez, chegando até as semi-finais. Mas ele ainda não tinha maturidade o suficiente para bater de frente com grandes nomes do xadrez da época, sendo assim, ficou para mais tarde a sua conquista.

Entretanto, o que falta de Campeonato Mundial, sobra de vitória em Olimpíadas, são 5 títulos, nos anos de 1994, 1996, 1998, 2000 e 2002, e um segundo lugar no ano de 2004.

Entre as olimpíadas de 1996 e 1998, ele disputou um torneio na Holanda, na cidade de Tilburg, nesta ocasião ele conseguiu ficar empatado em primeiro lugar com o melhor enxadrista da Holanda na época, o que lhe rendeu bons pontos para o ranking da FIDE.

O ano de 2005 prometia, pois Peter vinha de uma série de vitórias impressionante, naquele ano foram poucos os enxadristas que obtiveram tantas vitórias consecutivas. Sendo assim, ele conseguiu classificação para o Campeonato Mundial de Xadrez daquele ano. Ele foi para o torneio com uma certeza, a pedra no sapato de todo enxadrista não estaria lá, pois Garry Kasparov anunciava a sua aponsentadoria um pouco antes do Mundial. Entretanto, não foi Kasparov a pedra no sapato do russo, a pedra da vez era  Veselin Topalov, após uma partida contra um enxadrista russo, ele saiu perdedor, e dividiu então, o segundo lugar com Viswanathan Anand.

Atualmente (dez/2011), Peter ocupa a décima segunda posição no ranking da FIDE, com um rating de 2755.

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2013-2017 Só Xadrez. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.