Objetivo
 Tabuleiro e Peças
 Movimentos
 Mov. Extraordinários
 Fases do Jogo

 História do Xadrez
 Dicas
 Escolas de Xadrez
 Enxadristas Famosos
 Glossário

 Modalidades de Xadrez
 Variantes
   Chaturanga
   Shatranj
   Xadrez Bizantino
   Xadrez Capablanca
   Grande Acedrex
   Jogo de Gala

 Fund. da estratégia
 Fund. da tática

 Notação algébrica
 Notação descritiva
 Notação numérica
 Notação Forsyth

 Partidas Analisadas
 Organizações
 Campeões Mundiais
 Eventos
 Títulos
 Biblioteca de Xadrez
 Curiosidades
 Fotos Históricas
 Papéis de Parede
 Vídeos
 Filmes
 Mitos
 Laifis de Xadrez
 Fale Conosco

 


 

 

Garry Kasparov

Muitos apreciadores do Xadrez apontam Kasparov como o maior enxadrista que já existiu até hoje, outros enxadristas apontam outros como sendo melhor que ele, mas a verdade é, Kasparov foi um dos maiores gênios do xadrez profissional no mundo todo. É detentor de recordes únicos e que dificilmente será quebrado.

Garry Kasparov nasceu na cidade de Baku, no Azerbaijão no dia 13 de abril de 1963, país este que, ainda nessa época pertencia à União Soviética.

Ainda criança Kasparov já demonstrava grande interesse por jogar xadrez, afinal, ele nasceu na URSS, o berço dos maiores enxadristas do mundo, e como não poderia fugir da escrita, eis que ele se torna o maior dos enxadristas soviéticos.

Garry ficou conhecido por ser possuidor de um estilo agressivo, fulminava seus asversários sem piedade, e fazia isso com 10, 11 anos de idade, sua técnica era perfeita. Por ver seu real interesse no jogo, seus pais o colocaram pra estudar na escola de Botvinnik, uma das escolas de xadrez mais famosas da Rússia.

Ainda com 11 anos de idade, ele começou a mostrar ao mundo seus dotes. Participou de um campeonato no estilo simultâneo com relógio, entre os participantes estavam Karpov e Kortchnoi, os dois ficaram muito surpresos, pois Kasparov embora tivesse apenas 11 anos de idade e pouca experiência no xadrez, deu muito trabalho para os dois experientes enxadristas.

Após esta apresentação, as próximas apresentações de Kasparov geraram espectativas em todos os amantes do xadrez, mas o resultado que ele obeteve não valeu toda a espectativa criada. ele fez duas participações no campeonado mundial de juinores, uma vez com 13 anos de idade e outra com 14, porém, Kasparov foi mal, e logo foi eliminado, nas duas competições.

Esporádicamente se ouvia falar alguma coisa sobre Kasparov, em alguns lugares do mundo ele começava a se sobressair nas principais disputas de xadrez, mas o melhor estava por vir, no ano de 1978 Kasparov participou de um torneio que era considerado o segundo mais forte da União Soviética, tal torneio era apenas para participantes convidados pelos organizadores, o torneio era chamado de Sokolsky Memorial. Após essa significativa conquista, ele foi participar um outro iportante torneio na Suíça com outros 63 participantes, todos variando entre mestres e grandes mestres.Sua estréia causou um rebuliço internacional: obteve 50% dos pontos possíveis e derrotou o candidato ao título mundial, Polugaievsky, com um criativo sacrifício de bispo.

A Federação Soviética de Xadrez ficou extasiada, há muito que não viam um jovem tão talentoso como Kasparov, por esse motivo o mandaram para um dos torneios mais fortes do mundo, na Iuguslávia em 1979. Kasparov chegou para participar com uma autoridade que poucos enxadristas possuem, entretanto, tudo não passava de autoconfiança, afinal, ele ea o único não classificado como grande mestre.

Pessoas que viram o grande astro do xadrez, Bobby Fischer jogar, não acreditavam no que viam, em pouco tempo Kasparov havia superado Fischer no torneio iuguslavo. Foi durante o acontecimento deste evento que Kasparov adquiriu a condição de mestre internacional, e o mais incrível, com cinco rodadas a frente de seus adversários. As marcas principais nesse evento histórico foram: Kasparov (URSS) 11,5 em 15 pontos possíveis; Smejkal (Checoslováquia) e Anderson (Suécia) 9,5, Petrossian (URSS) 9,0. No verão de 1980, Kasparov venceu em o torneio iuguslavo na cidade de Baku e tornou-se o grande mestre mais jovem do mundo.

Uma das pessoas que mais acreditavam e davam apoio a Kasparov era seu tecnico, que desde o inicio da carreira de seu pupilo, via nele um grande talento. Botvinnik, então tecnico de Kasparov chegou a dizer uma entrevista coletiva certa vez, que Kasparov já seria campeão do Mundo já em 1990, com essa declaração Botvinnik foi fortemente criticado, por "menosprezar" os outros ilustres enxadristas do mundo.

Quando as perguntas iam diretamente para Kasparov ele era categórico em dizer o seguinte; Ele ainda não se via com capacidade o suficicienta para conseguir ganhar um título mundial, pois considerava sua defesa durante o jogo muito fraca, e algumas posições simples precisariam ser revistas.

Kasparov era literalmente uma pessoa surpreendente, no Campeonato Soviético de Banja Luka, ele apavorou a todos ao começar a partida com e4, d4 e c4. Essa jogada nas mãos de muitos enxadristas teria sido um suícidio. Kasparov começou a ficar com tanto prestígio que, após cada partida havia um jornal que publicava suas jogadas, e todas elas comentadas pelo próprio Kasparov. Esses jornais ainda existem, e estão expostos em vários museus pelo mundo.

Parece claro que Kasparov não teme adotar linhas cruciais em aberturas excessivamente analisadas. Quando ele o faz, costuma revelar evidências de seu próprio trabalho caseiro. Se a partida se torna uma confusão tática, ele consegue abrir caminho entre as complicações e descobrir uma linha que dê maiores dificuldades para seu adversário. Kasparov também superou o recorde histórico do Fischer ao estabelecer a maior marca de rating FIDE. Devido a uma discussão com o presidente da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), Kasparov perdeu o título para seu rival Anatoly Karpov, coisas de campeão.

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

Sobre Nós | Política de Privacidade | Contrato do Usuário | Fale Conosco

Copyright © 2013-2017 Só Xadrez. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.